Octanagem: Uma explosão de potência e economia!

No mercado atual, é muito deturpado o significado de Octanagem dos combustíveis, termo utilizado para nomear a propriedade da gasolina ou do álcool em resistir à compressão sem entrar em auto-ignição. Muitos acreditam que a Octanagem seria o nível de facilidade do combustível entrar em combustão.

Abrindo mão de termos técnicos para tentar elucidar este erro, de uma vez por todas, é importante lembrar que a potência está diretamente ligada à taxa de compressão. Existem carros com potência 1.0 com maior e menor taxa de compressão, e quanto maior a taxa de compressão, mais potência se extrai do conjunto, e aí é onde entra a Octanagem.

É comum ouvir falar que carros de alta performance ou de luxo devem utilizar gasolina de alta octanagem, e isso deve-se justamente à proposta do motor de se extrair mais potência. Nesses casos, a utilização de gasolina com baixo índice de octano acaba por não suportar tamanha pressão e entra em combustão antes do ciclo completo, causando a detonação, mais conhecida como batida de pino, que resulta na perda de potência e pode trazer sérios danos ao motor.

Diante da preocupação ambiental e da busca por motores mais eficientes, o famoso downsizing (prática de utilizar motorizações de menor capacidade volumétrica) vem invadindo o mercado, apesar da quantidade menor de cilindros, utilizando outros recursos, como maior taxa de compressão, para ter um rendimento maior. Vale se atentar que a octanagem não está relacionada à qualidade do combustível, e que veículos que não possuem alta taxa de compressão têm efeitos práticos da gasolina praticamente nulos, com alto índice de octano.

Atenção! É importante não confundir a gasolina que tem mais octanas com aditivada, pois ela é a Premium, não a aditivada. O produto aditivado só tem mais detergentes misturados para melhor limpeza do motor, já o Premium tem os detergentes do aditivado e mais octanas (caso seja necessário para o seu veículo).
Uma excelente opção para veículos com alta taxa de compressão é a utilização do PERFECT CLEAN ADIBRAX, que além de aumentar a octanagem, faz a limpeza de todo o sistema de admissão, desde a bomba de combustível, limpando bicos injetores, sede de válvulas à carbonização nas cabeças dos pistões.

Tipos de Gasolina

A gasolina tipo A é a gasolina sem álcool, ou seja, o tipo que é produzido nas refinarias ou petroquímicas. No Brasil, por lei, é obrigatória a adição de álcool (27%), gerando-se assim a gasolina C, que é vendida nos postos.
Gasolina tipo C (Sem chumbo):
• Comum – 87 oct
• Premium – 93 oct
• Podium (BR Distribuidora) – 95 act

Algumas gasolinas oficiais:
• Gasolina do tipo C comum, por exemplo, Gasolina Especial C/Texaco – índice de octano 87
• Gasolina do tipo C aditivada, por exemplo, Gasolina Plus/Texaco: índice de octano 87
• Gasolina do tipo C premium, por exemplo, Gasolina Premium/Texaco – índice de octano 91
• Gasolina do tipo C, por exemplo, Podium/BR : índice de octano 95
• Gasolina de aviação: índice de octano 80 – 145 Resolução ANP n° 5 de 2009
• Álcool etílico anidro: índice de octano 104